sobre o que se trata

por Nicollas Conti*

Prove tudo
Prove a todos
Que você é melhor que eles
(E que, no fundo,
Você não é ninguém)

Identifique a si mesmo
(No dinheiro)
Venda (a alma) por reconhecimento
O ego levará sua visão
(Para o caixão)
Fecharemos o buraco com cimento
(No fundo sempre foi um lugar vazio)

Esperamos que venha tenha
Dinheiro para sempre!
E quando não houver mais frente
Você olhe para trás, e perceba,
Que, no fundo,
Isso (nunca) importou.

(A sala vazia,
a casa fechada,
as faces tão frias
quanto a mobília empoeira.
Parece que não era sobre acúmulo, no fim das contas)

— Ele era um grande homem.

_____

*Nicollas Conti é rico, bem-sucedido, feliz e acima de tudo, mentiroso. Mas acha que essa é a principal característica de um poeta. Ensina desenvolvimento pessoal para as pessoas, e é quem mais aprende com isso. Tem uma insaciável curiosidade acerca do universo, tanto o de fora quanto o de dentro. Gosta de filhotes de morcego e açaí na tigela. Nicollas escreve toda segunda-feira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *